Category Archives: Orlando

Veja como foi nosso 1º dia de Parque (Magic Kingdom) em Orlando – FL

Como havíamos acabado de chegar na noite passada, dormir não foi uma coisa fácil, pois estávamos tomados pela empolgação e principalmente pela magia do lugar.

Mesmo assim, tentamos acordar bem cedo e por volta das 08 hs já estávamos tomando nosso primeiro café da manhã no hotel. O local é agradável, espaçoso e com uma variedade boa p/ um café da manhã americano, mas como vc´s verão mais adiante, cansamos rápido desse café, uma vez que ele se repetia quase todos os dias.

Enquanto tomávamos café, o rapaz que presta serviços para a CVC chegou com nossos tickets dos parques e ficou nos aguardando no saguão do hotel. (sinceramente não lembro se ele chegou na noite passada, ou se pela manhã desse dia! Por mais que force a memória esse detalhe não me vem a cabeça).

Bom, como era nosso 1º dia de parque em Orlando, a empolgação tomou conta e já com os ingressos na mão não perdemos muito tempo. As 8:30hs já estávamos de saída, rumo ao nossa primeira aventura.

GPS calibrado, tralhas checadas, partimos em direção ao (p/ mim) principal parque da Disney. Aquele que não deixa duvida de que vc realmente esta entrando num Reino da Magia, já que demonstra isso até em seu nome.

 MAGIC KINGDOM! Fantásticoooo… Passar por aquele portal e não se emocionar é praticamente impossível.

Mesmo sendo uma terça feira, pegamos um parque relativamente cheio, como vc´s podem ver no vídeo postado, mas entramos sem maiores problemas e sem muitas filas. Assim que entramos, pegamos o mapa, traçamos nosso roteiro e partimos.

Parque ainda todo decorado de Natal, com uma grande arvore enfeitada na praça central da Main Street e já alguns personagens por ali, para fotos e autógrafos. (Pluto e Margarida).

As caras e bocas do Antonio eram fantásticas. Ele escondia, mas o frio na barriga por estar entrando pela 1ª vez naquele local tão encantador transbordava em seus olhos. Tudo era novidade, tudo era maravilhoso. E é claro que ele não perdeu a oportunidade de colocar o seu pin de 1ª Visita! Rsrs…

Contornamos a praça, o Antonio comprou se livro de autógrafos e saímos caminhando pela Main Street. Nos deparamos com ele, o Castelo de Cinderela… Imponente ao fundo, todo decorado. Quanto mais perto chegávamos, mais a ficha ia caindo: Sim estamos na Disney!

Após apreciar o castelo, tiramos as merecidas fotos, e foi chegada a hora de brincar. Partimos em direção a Space Mountain  onde pegamos nosso primeiro fast pass. O coisinha inteligente e fácil de utilizar que esses caras pensaram em. O tal do ticketzinho ajuda e muito na correria do parque. Da outra vez que estivemos aqui, ele ainda não existia. Com o fast pass na mão, partimos para os outro brinquedos.

De lá, partimos para o Big Thunder Mountain Railroad  que tinha um valor sentimental p/ mim, já que em 1996 (minha 1ª vez na Disney), ele foi o meu primeiro brinquedo. E vc, lembra qual foi o seu? Nessa, por puro medo, a Heglay e o Antonio ficaram de fora.

Ao sair, corremos para a tão esperada Space Mountain já que estava na hora do nosso fast pass e talvez nessa passagem, temos um dos acontecimentos mais engraçados de toda a viagem.

O pequeno Antonio, no auge dos seus 10 anos, se encheu de coragem e resolveu encarar a Space Mountain. Foi alertado de que era uma montanha russa no escuro, mas talvez por não conseguir visualizar do que se tratava, ele fez pouco caso e resolveu encarar, junto com a gente.

Após o drama feito pela Heglay (já desesperada só de imaginar seu filho numa montanha russa pela 1ª vez), partimos lá para dentro. O carrinho do brinquedo, por sorte, é de três pessoas e assim resolvemos deixar o Antonio no meio. A Gabi, como corajosa que é (encarou todas as montanhas russas no 1º carrinho como vc´s verão), foi na frente e eu atrás, para que pudesse segurar melhor o pobre menino, com meus braços em seus ombros (no estilo fila indiana).

Ao ver ele sentado, já senti que a coragem que ele demonstrava lá fora já não era a mesma. O pobre coitado, ao ver aquele foguetinho e um paredão escuro a sua frente, meio que titubeou. De longe se via seus olhos arregalados! Hehehe…

Partimos, e já na primeira descida… CADE O ANTONIO???? Hauhauhauha… O menino simplesmente derreteu que nem manteiga para dentro do carrinho, e eu atrás já não conseguia mais segura-lo pelos ombros. Era só grito: “Segura Antonioooo… Seguraaaa!!! Antonio, cadê vc???” Tadinho, ele não se mexia. Estático dentro daquele foguete e completamente encolhido, provavelmente se perguntando que maldita coragem era aquela que lhe fez encarar aquela maluquice!

Em minutos, toda nossa alegria e desespero do Antonio acabou. P/ mim, a Space Mountain é um dos brinquedos mais incríveis da Disney. Tem todo seu charme e por mais vezes que vc já tenha ido, as curvas em alta velocidade no escuro são sensacionais! Agora para o Antonio acho que foi traumatizante coitado! Hehehe…

Superado, partimos para mais diversão, passamos por diversos brinquedos, o Antonio conseguiu seus vários autógrafos e ai, por mais uma vez passamos por uma situação engraçada.

 

Deixamos o Antonio e a Heglay na fila para conseguir o autografo do Pooh e do Tigre e partimos para mais uma volta na Big Thunder Mountain Railroad. Mas infelizmente fomos surpreendidos com o fechamento da mesma para manutenção. Assim voltamos para a fila junto com os dois e aguardamos “pacientemente” pelos autógrafos e foto.

Ao chegar a nossa vez, me deparei com a situação inusitada, como disse acima e o que vou relatar aqui, não foi ciúmes, juro. Fui obrigado a aturar o Tigre dando em cima da Gabi descaradamente. O safadinho olhava para ela e fingia se abanar de calor, colocava a mão na boca e ao final ainda fingiu que lhe daria um beijo! Ahhhh tigre safado! RS….

Superado esse momento, decidimos comer algo e como ainda não havíamos levado um lanche mais preparado, acabamos optando por comer no The Pinocchio Village Haus. Bom restaurante, com culinária típica americana. Optamos por Massas e Caesar Salad.

Praticamente com todo parque percorrido, partimos para a Main Street em busca de um local confortável para assistir ao show final, Wishes!!! De lá acompanhamos a transformação do castelo e o maravilho show de fogos, cuja música serve de fundo na edição do vídeo desse dia.

Saímos do parque já bem de noitinha, cansados, mas contemplados! Nosso 1º dia havia sido MARAVILHOSO! Dali, fomos comer algo (não, não fomos no Oliver Gardens como o filme fala, ficou para outro dia) e partimos para o hotel para descansar pois no outro dia encararíamos o EPCOT CENTER! SERÁ?! Hahahaha… Algumas surpresas veem por ai! Aguardem! 

 _____________________________

Leia também:

2º Dia na Disney

Anúncios

Nova campanha será recheada de surpresas durante todo ano de 2013

Além da maior expansão de Walt Disney World em 41 anos, com a inauguração em dezembro da nova área de Fantasyland, no Magic Kingdom, os parques da Disney lançaram esta manhã, em Nova York, a campanha Limited Time Magic, que oferecerá surpresas nos parques e resorts do Reino Encantado, como o próprio nome diz, apenas por um período específico. São experiências diferentes e mágicas, que se sucedem e desaparecem quando a seguinte inicia. A campanha durará 52 semanas.

Para marcar o lançamento, uma dessas surpresas foi montada na Times Square, em frente à loja da Disney: uma versão de gelo do Castelo da Cinderela! 

O castelo em Nova York tem sete metros altura, dois de profundidade e quatro metros de largura. Foram usadas 20 toneladas de gelo, em 37 pedaços.

O gelo é bastante simbólico e define a campanha: como está ao ar livre, desaparecerá logo e será uma experiência por tempo limitado. Apenas poucos felizardos terão sua foto com o castelo de gelo ao fundo.

Para anunciar a surpresas da semana, a Disney utilizará seus sites e redes sociais mantendo o visitante sempre atualizado do que irá acontecer nos parques e resorts. Os visitantes e hóspedes também poderão ser convidados a votar no personagem que gostaria de ver no parque ou até mesmo ser enviado em gincanas com dicas para descobrir o que há de novo ou diferente.
“É uma maneira divertida, alegre e totalmente nova de envolver as pessoas com a Disney”, afirmou Leslie Ferraro, vice-presidente executivo de marketing e vendas globais da Walt Disney Parks and Resorts, em uma entrevista coletiva em Manhattan.
A Disney divulgou alguns exemplos do que os visitantes podem esperar nos parques. 

Na experiência True Love, por exemplo, durante a semana do Dia dos Namorados (Valentine Week, em fevereiro), haverá menus especiais nos restaurantes Disney, os príncipes circularão com suas princesas (geralmente só elas aparecem nos parques) e haverá produtos e decoração exclusivos para essa semana. Na semana seguinte, tudo desaparece. E começa nova experiência por tempo limitado.

Na Semana da Independência americana (semana de 4 de julho), a Disney saudará os americanos vestida de vermelho, branco e azul. Camisetas especiais, orelhas do Mickey patrióticas e uma roupa especial para o Mickey Mouse estão entre as surpresas.

Também haverá o Long Lost Friends Week (Semana dos Amigos “Perdidos”), que levará aos parques personagens menos conhecidos ou que há muito tempo não vemos, como Flik, a vaca Clarabelle, Remy, de Ratatouiile, Tweedle Dee e Tweedle Dum. Os visitantes poderão votar on-line em que personagens querem ver no sparques.

Para saber que atrações haverá em cada semana (algumas serão anunciadas pouco tempo antes), os visitantes devem acessar o site da Disney.

Primeiro Ingresso da Disney!

Vc lembra quando foi sua primeira vez na Disney?

Muitos guardam o primeiro ingresso como lembrança desse momento especial, como o dessa foto. O da foto acima, é o 1º ingresso vendido pela Disney World em 1955 e hoje, com certeza, deve valer uma nota! rs…

Ainda não foi a Disney? Está esperando o que para conhecer o Mundo Mágico de Disney World?

E o MS tem novidades a caminho… Logo logo estaremos desembarcando na Terra Encantada novamente, com algumas novidades! E que venha a contagem regressiva…

Vamos viajar!!!


Imagem

A Universal Studios Orlando inaugurou ontem sua mais nova atração: Despicable Me (Meu Malvado Favorito) e a promessa é de grandes risadas!

Ainda não foi a inauguração oficial e o brinquedo ainda esta em fase de testes!

Abaixo vc vê um vídeo mostrando alguns detalhes da atração:


Está à procura de uma Dose Extra de Adrenalina em Orlando?!?! São boas as opções.

IFly: Voar de verdade.


Sair do circuito habitual de Orlando-FL, pode render boas aventuras e muita adrenalina. Entre as opções a se experimentar, existe o simulador de pára-quedismo, como o esporte é chamado. É um túnel de vento vertical onde você entra vestido com um macacão especial, óculos e capacete, após um briefing do instrutor de vôo que nos ensina os truques principais para poder decolar. Até mesmo as crianças podem se divertir e todos afirmam que a sensação é indescritível. Para descobrir mais visite o site www.iflyorlando.com .

Kennedy Space Center conta a história da NASA.

Para qualquer um louco pela história da NASA e foguetes, uma visita ao Centro Espacial Kennedy, em Titusville é certeza de ser um programa bem interessante. Existe até uma excursão de onibus saindo de Orlando, cujo ingresso de entrada já esta incluso, mas que só vale a pena se você falar fluentemente o Ingles. Mesmo para os não tão fanaticos pela NASA, o simulador do local é uma grande diversão. Sem falar na paisagem e visual da chegada ao Cabo Canaveral (local onde esta situada a base), que é realmente linda. O site é www.kennedyspacecenter.com/ . 

Uma boa opção para manter as crianças pequenas entretidas por todo dia, é o Fun Spot (em Sandlake ou Kissimmee). O local é um “pequeno” parque de diversões e algumas das atrações são uma roda gigante, tobagão, bichos e uma pequena montanha-russa. Para as crianças um pouco mais velhas, as pistas de Kart (simples ou duplo) são garantia de bons tempos. E o melhor de tudo: A entrada é LIVRE. Paga-se apenas por cada viagem nos brinquedos. O site: www.funspot.tutengraphics.com/ .

Sling Shot e Free Fall: alternativa às montanhas-russas.

Sling Shot: Adrenalina nas alturas!

Especialmente à noite, em Orlando ou em Kissimmee (ao lado do Fun Spot), você não pode perder as brilhantes torres gêmeas. Estes são os Slingshot, carinhosamente apelidado de “Lançador de Crianças” ou “Estilingue Humano”. Duas pessoas ao mesmo tempo sentam-se em uma cadeira e são afiveladas como se estivessem em uma montanha-russa, mas são CATAPULTADAS a mais de 110 metros no ar a 100 km/h em 2 segundos… E você ainda será filmado. Dos corajosos que se aventuram, todos gostam! www.funtime.com.au/ .

Outro conjunto de torres podem ser vistas logo atrás do SlingShot. É o mais alto Skycoaster do mundo, também chamado de “queda livre”. Duas pessoas deitam de bruços em uma “amarração” semelhante a de uma Asa Delta e são levadas para o topo de uma das torres. Uma vez lá em cima, você precisa puxar o cabo para começar a “queda livre”, movendo-se como um pêndulo. www.skycoaster.cc .

Alguns videos:


Viajantes e leitores…

Hoje o Around The World – Br completa seu 1º Aniversário.

Há exato um ano, após confirmamos a viagem a Orlando-Fl, resolvi criar o ATW para dividir e compartilhar as dicas que íamos vivenciando. Foi graças à ajuda de outros amigos que conseguimos fazer uma viagem tranquila e bem programada e assim achei por bem compartilhar. 

A idéia tomou forma, cresceu e acabou virando um blog não só para compartilhar a nossa viagem como também dicas gerais no que diz respeito a viagens pelo Brasil e mundo afora. 

E assim nasceu este querido blog que hoje completa seu 1º ano de vida, graças a vocês. 

Obrigado a todos os atuais 8153 viajantes.

Dando continuidade ao relato da nossa viagem, segue abaixo o video do 2º dia.

Chegando em Orlando! Dia 03/01/2011:

Como tínhamos combinado, acordamos bem cedo. Ou melhor, difícil foi dormir, pulamos da cama literalmente as 05hs da manhã, rumo ao Aeroporto de Guarulhos. Nosso vôo estava marcado para as 09hs e queríamos fazer o check-in logo.

O hotel (Ibis) nos forneceu o translado para o aeroporto e logo após um reforçado café da manhã partimos. Um dos motivos para chegarmos cedo ao aeroporto, foi que a Gabi esqueceu de imprimir sua autorização de entrada, já que viajava com o passaporte europeu. No hotel não conseguimos imprimi-la só nos restando tentar no aeroporto. 

Chegamos lá por volta das 07hs, e por sorte encontramos um local com computadores e impressoras que poderíamos utilizar. Resolvida essa questão, embalamos as malas e partimos para a fila de check-in. O fizemos antes mesmo de sermos chamados. Fazer o check-in logo tem suas vantagens. Qualquer dia crio um post explicando tais vantagens. 

Demos uma volta pelo aeroporto e partimos para a área de embarque internacional. Afinal, o Free Shopping nos esperava. Não para compras, mas para já iniciarmos nossas pesquisas de preço! hehehe… 

Acabamos perdendo muito tempo dentro do Free Shopping e quando vimos, já haviam até chamado nosso voo para embarque. Pronto, ai foi àquela correria. 

Partirmos para o portão indicado nas passagens e quando chegamos ao local?!?!?!?! CADE TODO MUNDO?!?! uhauhauhauaha… Estávamos atrasados e no local errado. Só ai caiu à ficha e resolvemos olhar nas telas o local de embarque e é claro que descobrimos que ele simplesmente havia mudado para o outro lado do aeroporto… Saímos correndo em disparada! (vejam o vídeo). 

Chegamos em cima da hora, mas chegamos. Embarcamos, sem problemas e ali iniciava-se verdadeiramente. O Antonio (Catatau) estava entrando pela primeira vez em um vôo internacional. A felicidade do menino era contagiante. Fez questão de ser o primeiro de nós a entrar no avião e ainda o fez com o pé direito! hehehe… 

Foi ai, talvez, a nossa pior surpresa da viagem. (Não, não foi a pior! A pior, só fui ter noticias meses depois de retornarmos e mais a frente postarei aqui). Nossas poltronas simplesmente eram coladas aos banheiros centrais da aeronave. Ainda questionei o rapaz da TAM que me atendeu no telefone na época da reserva dos locais, do que se tratavam aqueles locais em aberto no avião (olhando pelo computador dois buracos vagos ao lado das poltronas) e o filho da mãe ainda teve a cara de pau de me respondeu: “Os senhores estão com sorte. Estes lugares não possuem nada ao lado. É um intervalo nas poltronas que a empresa faz. Esse espaço ao lado esta vazio!” Não acreditei, questionei-o novamente e ele insistiu. Beleza.

Nós e o banheiro ao fundo! rsrs…

Superado isso, afinal estávamos a algumas horas do Reino Mágico, partimos para Orlando.

O vôo foi super tranquilo, sem barulhos, sem confusão, decolamos na hora e chegamos até antes do previsto! A comida servida seguiu o padrão brasileiro de atendimento aéreo. Massas ou carnes no almoço e na janta. As massas sempre estavam melhores.

Chegamos a Orlando por volta das 16hs da tarde. Por sorte éramos o único vôo naquele horário e pegamos a imigração completamente vazia. Esperamos por alguns minutos e logo chegou a nossa vez.

Fomos super bem tratados pelo Oficial Americano. Conversou com o Antonio, quis saber se ele falava inglês e com a resposta negativa, tentou falar um Portunhol com ele. Perguntou se iria a Disney, se era a primeira viagem dele e por ai vai. Fez algumas perguntas a Gabi também, por causa do passaporte Espanhol e ele quis ver além deste, o brasileiro.

Sem mais problemas e aliviados (sempre bate aquele frio na barriga), entramos! Esperamos as bagagens que chegaram numa boa e partimos para a tarefa mais difícil dessa viagem. Pegar o carro locado. Fiz a reserva do mesmo uns 5 meses antes da viagem e já havia sido alertado de que seria uma luta no balcão da locadora.

Dito e feito. Ficamos por quase 1 hora brigando com a atendente, que insistiu muito para que mudássemos de carro. Argumentou que o alugado não nos caberia, que tinha um carro melhor, que tinha um plano melhor, etc, etc, etc. Chegou a ser muito chata e mal educada. Mas fica o aviso, não dê o braço a torcer. Nosso carro foi perfeito, coube tudo (mesmo que empilhado, hehehe) e só perderia dinheiro se tivesse entrado na da atendente.

Com as malas no carro (escolhemos uma Jeep Cherokee Laredo, perfeita), partimos em direção ao nosso hotel (Quality Inn, hj com o novo nome Rosen Inn) na International Drive. Após rodar um pouco, perdido, já que a Magda (GPS) custou a se localizar, conseguimos chegar ao hotel por volta das 19hs.

Fizemos o check-in sem problemas, solicitamos um bom quarto e de pronto fomos atendidos. Conseguimos um quarto no alto (mais seguro) e virado para a piscina do Hotel (mais tranquilo e sem o barulho da Auto Estrada). 

Já bem cansados, largamos as malas no quarto e fomos reconhecer a vizinhança. Passamos pela Wonder Works (casa de cabeça p/ baixo) e fomos até a Walgreens que é bem próxima ao hotel. Por lá, fizemos as primeiras compras (lanches, água e semelhantes). As meninas já foram a loucura com as ofertas (esmaltes, maquiagens, etc). Mas deixamos isso para depois, pois o cansaço nos consumia.

Voltamos ao hotel, comemos e fomos para cama por volta da 1 da manhã. Tentar dormir, pois no outro dia teríamos nada mais nada menos que MAGIC KINGDOM. P/ mim, o parque “mais Disney” de todos! rs

_________________________________________________

Leia Também:

1º Dia na Disney

 



%d bloggers like this: