Author Archives: leandrosimoni

Tenho certeza absoluta que todo viajante já se deparou com esse problema ao iniciar a organização de sua próxima viagem: O que levar e como colocar tudo dentro da mala?!?!

Bom, se depender da Gabi, ela levaria o armário inteiro nas costas. E foi pensando nisso que resolvi compartilhar um post para tentar ajudar a vc’s viajantes a arrumar as malas. (na verdade foi p/ tentar me ajudar, pois p/ quem que vc´s acham que sobra a mala? Hehehe)

Sabemos que essa tarefa pode ser uma das mais chatas e difíceis, mas com estas dicas pelo menos as coisas ficaram mais simples.

Bom, então vamos lá:

Escolhas certas: Opte sempre por malas leves! Tente elaborar um roteiro mental (aqui no MS ele é muito mais do que mental) da viagem e escolha as peças de roupa adequadas para o que você quer fazer. Peças básicas em cores neutras e que combinem entre si e tecidos que não amassam, como microfibra, malhas e jérsei, são uma ótima pedida;

Mantendo a mala organizada: Mulheres: primeiro vão as calças, saias e vestidos longos, em seguida roupas curtas como shorts e minissaias, sem dobrar; faça rolinhos com camisetas e blusas de malha e encaixe nas laterais da mala, sapatos e sandálias em sacolas individuais são acomodados nos cantos, roupas íntimas e acessórios também, e por último casacos e pijamas.

Homens: calças sociais, jeans e esportivas primeiro, camisas abotoadas, dobradas abaixo da cintura e com as mangas para trás vem depois, sapatos e tênis nos cantos da mala, com meias e cuecas dentro deles, deixe pijamas e casacos para o final.

Na bagagem de mão: Objetos de valor e de primeira necessidade, como óculos, lentes, escova e pasta de dentes, câmera fotográfica, celular e remédios devem seguir viagem em uma mala de mão, evitando que você encontre imprevistos. Embalagens de shampoo e condicionador, perfumes ou  outros produtos líquidos devem ser embalados em sacos plásticos antes de entrarem na mala. Se for possível é aconselhável também que a pessoa leve embalagens reduzidas. Estas medidas evitam que o conteúdo dos vidrinhos se espalhem por toda roupa lambuzando seu vestido lindo ou sua camisa nova de condicionador!

Se a viagem é de férias leve roupas que se adaptem ao dia e a noite. Combinações básicas e acessórios levam uma composição casual para uma balada sem maiores complicações! Na hora de escolher os sapatos tente manter um padrão de 3 pares (um par formal, um informal e uma sandália), sei que para mulheres isso parece impossível., mas se conseguirem isso ajudará muito!

Olha o esquema de como arrumar sua mala:

Quer mais dicas? Então aprenda com uma profissional, como arrumar sua mala da forma mais eficaz, AQUI!

E se vc é daqueles que gosta de tudo bem organizado e adora um checklist de viagem, o site ORGANIZE SUA VIDA disponibiliza um muito bacana AQUI!

Arrumem as malas e vamos viajar!

Anúncios

Campanha na rede, plantará arvores para compensar a emissão de carbono pelos blogs e sites

Segundo pesquisas, um blog chega a emitir mais de 3,0 kg de dióxido de carbono por ano e a maioria dos usuários nem chegam a saber disso.

Pensando nisso, o site Guiato lançou uma campanha muito bacana na qual tentará reduzir a emissão de CO² na Net.

E fará isso através de duas iniciativas que intitula de Gesto Verde:

“Meu site é neutro em CO2″: para cada blog ou site que coloca esse selo na sua página, o Guiato planta uma árvore.

Empregos Sustentáveis: um portal virtual especializado em divulgar vagas profissionais no setor de meio-ambiente. O objetivo é auxiliar profissionais desta área a encontrar empregos, e assim colaborar com a construção de uma sociedade que vive em equilíbrio com o meio-ambiente.

E o MALA DA SOGRA acaba e aderir a 1ª campanha, tornando-se um Blog Sustentável, neutralizando suas emissões de CO².


Como levar remédios em uma viagem internacional

Algo que parece tão simples, nem sempre é! E cheguei a essa conclusão após ser questionado por meu pai (portador de uma doença cronica) sobre como proceder.

Mas enfim?! Portadores de doenças cronicas (diabetes, hepatite, hipertensão, etc) podem levar seus medicamentos em uma viagem internacional, certo? O que pode parecer obvio, não é tão simples assim!

As regras costumam mudar de um País para o outro e o melhor a fazer é verificar junto ao consulado do país de destino sobre as restrições para a entrada de medicamentos. EM REGRA, é exigido que os medicamentos sejam para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e acompanhados por receita médica traduzida por tradutor juramentado em inglês. Vale lembrar que as prescrições emitidas por médicos brasileiros não são aceitas para a compra de remédios no exterior e assim, o ideal é que vc já saia com os remédios comprados aqui no Brasil. E não adianta chorar, espernear, fazer carinha de doente. Pois a maioria dos países são realmente rígidos.

Se for necessário tomar algum desses remédios ainda durante o voo, leve apenas a quantidade necessária na bagagem de mão, dentro de uma sacola plastica transparente e com vedação, junto com a bula e a receita médica.

Vale também, tomar algumas medidas preventivas antes de sair do Brasil, tais como vacinar-se com a vacina anti-gripe, que o protege contra 70% das gripes existentes. Para que surta efeito, esta vacina deve ser tomada pelo menos um mês antes de sua saída do Brasil. E se estiver indo para países que possuem auto índice de mosquitos vacine-se contra a febre amarela, lembrando que essa deve ser tomada pelo menos 10 dias antes de sua saída do Brasil, além da vitamina B. Tome a vitamina 2 semanas antes de viajar até quando voltar para casa, ele funciona como eficaz repelente.

Segue abaixo uma lista de alguns países que possuem restrições para medicamentos de uso controlado (tarjas vermelhas ou pretas):

Alemanha: o turista pode levar medicamentos em quantidade necessária para sua estadia no país, com atestado médico traduzido para o alemão. Outros medicamentos eventualmente necessários podem ser adquiridos na Alemanha.

Argentina: medicamentos controlados só podem entrar no país se forem para uso pessoal, com receita médica traduzida para o espanhol por tradutor juramentado. Após este procedimento encaminhe a receita original e a tradução para reconhecimento no consulado argentino.

Chile: medicamentos de uso pessoal, em quantidades normais devem ser acompanhados de receita médica. Medicamentos controlados devem ser acompanhados de atestado médico.

Estados Unidos: medicamentos somente para uso pessoal, com receita emitida pelo médico, contendo a listagem e a quantidade de medicamentos, traduzida para o inglês por tradutor juramentado. Após este procedimento encaminhe a receita original e a tradução para reconhecimento no consulado americano.

Inglaterra: medicamentos somente para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com receita médica traduzida para o inglês por tradutor juramentado. O consulado da Inglaterra no Brasil sugere ainda que o viajante dirija-se ao Canal Vermelho do aeroporto na chegada ao país para declarar com quais medicamentos está ingressando.

Bélgica: medicamentos, principalmente tranquilizantes, somente para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com receita médica, em inglês.

Dinamarca: medicamentos para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com receita médica em inglês.

França: medicamentos somente para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com receita médica.

Itália: não há restrições, desde que sejam medicamentos para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país.

Japão: medicamentos somente para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com receita médica em inglês.

México: no caso de medicamentos controlados, somente para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com o original da receita médica assinada pelo médico.

Portugal: medicamentos somente para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com receita médica.

Uruguai: medicamentos para uso pessoal, na quantidade exata para os dias de permanência no país e com receita médica.

Segue abaixo, vídeo explicativo da Anvisa com orientações ao usuário sobre o ingresso no país com medição e demais itens controlados. Vale assistir pois as regras apresentadas aqui, são praticamente iguais em diversos outros países.

Vídeo Anvisa

Fontes: consulados destes países e Anvisa


Charles (Chuck) O’ Rear estava dirigindo por uma estrada da Califórnia quando ficou encantado com a vista causada pela grama verde e as nuvens brancas ao seu lado.

O fotógrafo, que agora tem 69 anos, sacou sua câmera, desceu do carro e fotografou a paisagem. Anos depois, ela seria vista por mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo.

O’Rear, que trabalhou para a National Geographic por 25 anos, só não divulga quanto recebeu pela fotografia. Ele assinou um contrato de confidencialidade com a Microsoft. No entanto, esta é declaradamente a segunda foto mais cara já comprada.

“Eu não tinha ideia de que algo assim poderia acontecer. É provavelmente a fotografia mais vista do planeta. Se você levá-la para alguma aldeia em Bangladesh, poderão reconhecê-la ou se parar alguém em alguma rua da China, ele saberá o que é” – Chuck O’ Rear.

Fonte: colunistas.ig.com.br

Fotógrafo: Chuck O’ Rear

Foto: Microsoft – Bliss

Bliss – Windows XP

A foto 10 anos depois:

O local 10 anos depois

Por Victor Sartório


Veja como foi nosso 1º dia de Parque (Magic Kingdom) em Orlando – FL

Como havíamos acabado de chegar na noite passada, dormir não foi uma coisa fácil, pois estávamos tomados pela empolgação e principalmente pela magia do lugar.

Mesmo assim, tentamos acordar bem cedo e por volta das 08 hs já estávamos tomando nosso primeiro café da manhã no hotel. O local é agradável, espaçoso e com uma variedade boa p/ um café da manhã americano, mas como vc´s verão mais adiante, cansamos rápido desse café, uma vez que ele se repetia quase todos os dias.

Enquanto tomávamos café, o rapaz que presta serviços para a CVC chegou com nossos tickets dos parques e ficou nos aguardando no saguão do hotel. (sinceramente não lembro se ele chegou na noite passada, ou se pela manhã desse dia! Por mais que force a memória esse detalhe não me vem a cabeça).

Bom, como era nosso 1º dia de parque em Orlando, a empolgação tomou conta e já com os ingressos na mão não perdemos muito tempo. As 8:30hs já estávamos de saída, rumo ao nossa primeira aventura.

GPS calibrado, tralhas checadas, partimos em direção ao (p/ mim) principal parque da Disney. Aquele que não deixa duvida de que vc realmente esta entrando num Reino da Magia, já que demonstra isso até em seu nome.

 MAGIC KINGDOM! Fantásticoooo… Passar por aquele portal e não se emocionar é praticamente impossível.

Mesmo sendo uma terça feira, pegamos um parque relativamente cheio, como vc´s podem ver no vídeo postado, mas entramos sem maiores problemas e sem muitas filas. Assim que entramos, pegamos o mapa, traçamos nosso roteiro e partimos.

Parque ainda todo decorado de Natal, com uma grande arvore enfeitada na praça central da Main Street e já alguns personagens por ali, para fotos e autógrafos. (Pluto e Margarida).

As caras e bocas do Antonio eram fantásticas. Ele escondia, mas o frio na barriga por estar entrando pela 1ª vez naquele local tão encantador transbordava em seus olhos. Tudo era novidade, tudo era maravilhoso. E é claro que ele não perdeu a oportunidade de colocar o seu pin de 1ª Visita! Rsrs…

Contornamos a praça, o Antonio comprou se livro de autógrafos e saímos caminhando pela Main Street. Nos deparamos com ele, o Castelo de Cinderela… Imponente ao fundo, todo decorado. Quanto mais perto chegávamos, mais a ficha ia caindo: Sim estamos na Disney!

Após apreciar o castelo, tiramos as merecidas fotos, e foi chegada a hora de brincar. Partimos em direção a Space Mountain  onde pegamos nosso primeiro fast pass. O coisinha inteligente e fácil de utilizar que esses caras pensaram em. O tal do ticketzinho ajuda e muito na correria do parque. Da outra vez que estivemos aqui, ele ainda não existia. Com o fast pass na mão, partimos para os outro brinquedos.

De lá, partimos para o Big Thunder Mountain Railroad  que tinha um valor sentimental p/ mim, já que em 1996 (minha 1ª vez na Disney), ele foi o meu primeiro brinquedo. E vc, lembra qual foi o seu? Nessa, por puro medo, a Heglay e o Antonio ficaram de fora.

Ao sair, corremos para a tão esperada Space Mountain já que estava na hora do nosso fast pass e talvez nessa passagem, temos um dos acontecimentos mais engraçados de toda a viagem.

O pequeno Antonio, no auge dos seus 10 anos, se encheu de coragem e resolveu encarar a Space Mountain. Foi alertado de que era uma montanha russa no escuro, mas talvez por não conseguir visualizar do que se tratava, ele fez pouco caso e resolveu encarar, junto com a gente.

Após o drama feito pela Heglay (já desesperada só de imaginar seu filho numa montanha russa pela 1ª vez), partimos lá para dentro. O carrinho do brinquedo, por sorte, é de três pessoas e assim resolvemos deixar o Antonio no meio. A Gabi, como corajosa que é (encarou todas as montanhas russas no 1º carrinho como vc´s verão), foi na frente e eu atrás, para que pudesse segurar melhor o pobre menino, com meus braços em seus ombros (no estilo fila indiana).

Ao ver ele sentado, já senti que a coragem que ele demonstrava lá fora já não era a mesma. O pobre coitado, ao ver aquele foguetinho e um paredão escuro a sua frente, meio que titubeou. De longe se via seus olhos arregalados! Hehehe…

Partimos, e já na primeira descida… CADE O ANTONIO???? Hauhauhauha… O menino simplesmente derreteu que nem manteiga para dentro do carrinho, e eu atrás já não conseguia mais segura-lo pelos ombros. Era só grito: “Segura Antonioooo… Seguraaaa!!! Antonio, cadê vc???” Tadinho, ele não se mexia. Estático dentro daquele foguete e completamente encolhido, provavelmente se perguntando que maldita coragem era aquela que lhe fez encarar aquela maluquice!

Em minutos, toda nossa alegria e desespero do Antonio acabou. P/ mim, a Space Mountain é um dos brinquedos mais incríveis da Disney. Tem todo seu charme e por mais vezes que vc já tenha ido, as curvas em alta velocidade no escuro são sensacionais! Agora para o Antonio acho que foi traumatizante coitado! Hehehe…

Superado, partimos para mais diversão, passamos por diversos brinquedos, o Antonio conseguiu seus vários autógrafos e ai, por mais uma vez passamos por uma situação engraçada.

 

Deixamos o Antonio e a Heglay na fila para conseguir o autografo do Pooh e do Tigre e partimos para mais uma volta na Big Thunder Mountain Railroad. Mas infelizmente fomos surpreendidos com o fechamento da mesma para manutenção. Assim voltamos para a fila junto com os dois e aguardamos “pacientemente” pelos autógrafos e foto.

Ao chegar a nossa vez, me deparei com a situação inusitada, como disse acima e o que vou relatar aqui, não foi ciúmes, juro. Fui obrigado a aturar o Tigre dando em cima da Gabi descaradamente. O safadinho olhava para ela e fingia se abanar de calor, colocava a mão na boca e ao final ainda fingiu que lhe daria um beijo! Ahhhh tigre safado! RS….

Superado esse momento, decidimos comer algo e como ainda não havíamos levado um lanche mais preparado, acabamos optando por comer no The Pinocchio Village Haus. Bom restaurante, com culinária típica americana. Optamos por Massas e Caesar Salad.

Praticamente com todo parque percorrido, partimos para a Main Street em busca de um local confortável para assistir ao show final, Wishes!!! De lá acompanhamos a transformação do castelo e o maravilho show de fogos, cuja música serve de fundo na edição do vídeo desse dia.

Saímos do parque já bem de noitinha, cansados, mas contemplados! Nosso 1º dia havia sido MARAVILHOSO! Dali, fomos comer algo (não, não fomos no Oliver Gardens como o filme fala, ficou para outro dia) e partimos para o hotel para descansar pois no outro dia encararíamos o EPCOT CENTER! SERÁ?! Hahahaha… Algumas surpresas veem por ai! Aguardem! 

 _____________________________

Leia também:

2º Dia na Disney


Nova campanha será recheada de surpresas durante todo ano de 2013

Além da maior expansão de Walt Disney World em 41 anos, com a inauguração em dezembro da nova área de Fantasyland, no Magic Kingdom, os parques da Disney lançaram esta manhã, em Nova York, a campanha Limited Time Magic, que oferecerá surpresas nos parques e resorts do Reino Encantado, como o próprio nome diz, apenas por um período específico. São experiências diferentes e mágicas, que se sucedem e desaparecem quando a seguinte inicia. A campanha durará 52 semanas.

Para marcar o lançamento, uma dessas surpresas foi montada na Times Square, em frente à loja da Disney: uma versão de gelo do Castelo da Cinderela! 

O castelo em Nova York tem sete metros altura, dois de profundidade e quatro metros de largura. Foram usadas 20 toneladas de gelo, em 37 pedaços.

O gelo é bastante simbólico e define a campanha: como está ao ar livre, desaparecerá logo e será uma experiência por tempo limitado. Apenas poucos felizardos terão sua foto com o castelo de gelo ao fundo.

Para anunciar a surpresas da semana, a Disney utilizará seus sites e redes sociais mantendo o visitante sempre atualizado do que irá acontecer nos parques e resorts. Os visitantes e hóspedes também poderão ser convidados a votar no personagem que gostaria de ver no parque ou até mesmo ser enviado em gincanas com dicas para descobrir o que há de novo ou diferente.
“É uma maneira divertida, alegre e totalmente nova de envolver as pessoas com a Disney”, afirmou Leslie Ferraro, vice-presidente executivo de marketing e vendas globais da Walt Disney Parks and Resorts, em uma entrevista coletiva em Manhattan.
A Disney divulgou alguns exemplos do que os visitantes podem esperar nos parques. 

Na experiência True Love, por exemplo, durante a semana do Dia dos Namorados (Valentine Week, em fevereiro), haverá menus especiais nos restaurantes Disney, os príncipes circularão com suas princesas (geralmente só elas aparecem nos parques) e haverá produtos e decoração exclusivos para essa semana. Na semana seguinte, tudo desaparece. E começa nova experiência por tempo limitado.

Na Semana da Independência americana (semana de 4 de julho), a Disney saudará os americanos vestida de vermelho, branco e azul. Camisetas especiais, orelhas do Mickey patrióticas e uma roupa especial para o Mickey Mouse estão entre as surpresas.

Também haverá o Long Lost Friends Week (Semana dos Amigos “Perdidos”), que levará aos parques personagens menos conhecidos ou que há muito tempo não vemos, como Flik, a vaca Clarabelle, Remy, de Ratatouiile, Tweedle Dee e Tweedle Dum. Os visitantes poderão votar on-line em que personagens querem ver no sparques.

Para saber que atrações haverá em cada semana (algumas serão anunciadas pouco tempo antes), os visitantes devem acessar o site da Disney.


%d bloggers like this: