Documentário mostra fotografo em Fukushima, após o acidente nuclear

O fotógrafo Donald Webber é um apaixonado por fotografia e por um tema em específico: mostrar como é o “mundo atômico” em que vivemos e quais são as consequências de um problema nuclear. Por isso, ele foi o primeiro fotógrafo a visitar a zona de exclusão de Fukushima, logo após os desastres ocorridos na região em 2011. Ele fez fotos bem impressionantes.

Donald já fotografou o que restou de Chernobyl, tanto as partes inabitáveis, quanto a população que permanece na região. Logo depois que a cidade foi evacuada, ele decidiu ir até a cidade e mostrá-la para o mundo. As casas abandonadas de uma hora para outra, as ruas destruídas pela tragédia e até um corpo que ficou esquecido em uma plantação. Tudo isso é mostrado no documentário feito pela Vice. Veja:

Veja as fotos da zona de exclusão de Fukushima (CENAS FORTES):

 

Tirei o post daqui: Comunicadores

Anúncios